Teses, Dissertações e Monografias

Acesse a listagem abaixo para conhecer algumas das teses, dissertações e monografias desenvolvidas pelos alunos de pós-graduação do Departamento de Engenharia de Construção Civil da Escola Politécnica.

A consulta também pode ser feita na biblioteca de Engenharia Civil pelos telefones (11) 3091-5204 e 3091-9023, fax (11) 3091-5125 ou pelo e-mail biblioteca.civil@poli.usp.br.

Para saber o horário e o local das próximas qualificações e defesas, acesse o site Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil – PPGEC. e do ConstruINOVA - Mestrado Profissional em Inovação na Construção Civil.

Para conhecer as diretrizes de elaboração de teses e dissertações clique no link ou acesse o site da Biblioteca Digital.

Importante: a consulta aos arquivos das teses e dissertações fica condicionada na aceitação das seguintes condições de uso:

Este trabalho é para uso privado de atividades de pesquisa e ensino. Não é autorizada sua reprodução para quaisquer fins lucrativos. Esta reserva de direitos abrange todos os dados do documento bem como seu conteúdo. Na utilização ou citação de partes do documento é obrigatório mencionar o nome da pessoa autora do trabalho.

Buscar teses, dissertações e monografias
  • Metodologia para aquisição de sinal elétrico e tratamento de dados em reômetros servo controlados PDF
    • Aluno: Victor Keniti Sakano
    • Orientador: Rafael Giuliano Pileggi
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    A ciência na qual se estuda a deformação de um fluido no qual é aplicada uma tensão de cisalhamento é conhecida como reologia e o equipamento utilizado para a realização dos ensaios é chamado de reômetro. Devido a impraticabilidade de uso de reômetros comerciais, diversos pesquisadores desenvolveram reômetros capazes de analisar suspensões de macropartículas, baseados nos mesmos princípios de funcionamento dos equipamentos já existentes. Em alguns casos, a medição do torque do motor é realizada pela aquisição da tensão, uma vez que esta é proporcional ao torque. Entretanto, para melhor compreensão do resultado e para evitar a possibilidade de conclusões precipitadas, vê-se necessária correta interpretação do sinal elétrico, precisando avaliar qual frequência do sinal é relevante para o ensaio e, também, qual a melhor taxa de amostragem. Além da aquisição, para que o ensaio reológico seja realizado com precisão, é indispensável ótimo controle da taxa ou tensão do motor e uma alternativa é a utilização de um servomotor e um servoconversor. No caso desse ser comercial é essencial saber configurá-lo. Para facilitar o usuário leigo, alguns pesquisadores desenvolveram softwares para controle do equipamento e análise dos dados. Assim, o presente trabalho tem como objetivo propor uma metodologia para compreender o sinal aquisitado de um reômetro servo controlado e desenvolvimento do software de análise para o tratamento dos dados obtidos a partir de ensaios reológicos. Verificou-se a melhor configuração do servocontrolador, a melhor taxa de amostragem, de no mínimo 20 amostras/segundo, e, também, desenvolveu-se um filtro digital passa-baixa do tipo FIR para remover a frequência indesejada. Além disso, foi desenvolvido um software utilizando uma rotina em Matlab e uma interface gráfica do usuário|(Graphical User Interface - GUI), para o pós-processamento dos dados para auxiliar o usuário leigo no tratamento e interpretação do resultado, que se mostrou eficaz.

  • Planejamento urbano e transporte urbano de carga: investigação de modelos de integração e aplicação do modelo Freturb em um recorte urbano em São Paulo PDF
    • Aluno: Thiago Canhos Montmorency Silva
    • Orientador:
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    A efervescência da cidade moderna somente é possível devido ao deslocamento contínuo de pessoas e mercadorias. A movimentação de bens é trivial para a realização das atividades comerciais, industriais e de prestação de serviços. Sua demanda, entretanto, é condicionada pelos padrões de uso e ocupação do solo e adensamento urbano. Esta pesquisa aborda aspectos da relação entre o transporte urbano de carga e a estruturação das áreas urbanas no Brasil. O principal objetivo é analisar a influência mútua entre a logística urbana e o uso e ocupação do solo no desenvolvimento de áreas urbanas no Município de São Paulo. Dessa forma, foram identificados, selecionados e analisados abordagens, metodologias e modelos aplicáveis à análise e proposição de diretrizes que integrem os condicionantes de desenvolvimento urbano e de transporte urbano de carga. Um modelo selecionado, o Freturb, foi aplicado em um recorte urbano do Município de São Paulo. Localizada na região de Santa Cecília e Higienópolis, a área de estudo foi modelada, primeiramente, de acordo com a sua configuração urbana atual e, em seguida, com as suas predições urbanas para os anos de 2025 e 2030, conforme os parâmetros urbanísticos do novo Plano Diretor Estratégico de São Paulo, em vigor desde 2014. Os resultados da modelagem foram abordados, qualitativamente, sob três categorias, que organizam parâmetros de planejamento e que se inter-relacionam no ambiente urbano: Aspectos do Uso e Ocupação do Solo, Aspectos da Logística e Aspectos do Tráfego Urbano. O trabalhou comparou, ainda, os resultados da configuração urbana atual do recorte urbano de São Paulo, com áreas urbanas francesas, selecionadas no Centro de Lyon e no 4o. Arrondissement de Paris. Essa comparação permitiu analisar a relação entre a empregabilidade e a densidade de movimentos da carga, nas três regiões urbanas.|O estudo revelou que a área estudada em São Paulo necessita de mais movimentação de carga e exige mais do viário urbano e/ou é suprida por sistemas logísticos menos organizados, em relação às duas áreas francesas. Ainda, o porte e o perfil do estabelecimento podem incrementar o tempo de carga e descarga em uma área urbana. Finalmente, as predições urbanas, de 2025 e 2030, motivadas pelo novo Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo, permitiram avaliar e compreender os possíveis impactos do adensamento populacional e de empregos na demanda por transporte urbano de carga. E, verificar os possíveis impactos associados, tais como incremento em paradas em "fila-dupla" e ocupação viária por veículos de carga.

  • Regras de verificação e validação de modelos BIM para sistemas prediais hidráulicos e sanitários PDF
    • Aluno: Carolina Yumi Kubo Takagaki
    • Orientador: Lúcia Helena de Oliveira
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    A complexidade das atuais edificações e, consequentemente, a divisão dos projetos em especialidades e subsistemas evidenciam as dificuldades do coordenador de projetos em gerenciar todo o processo de projeto. Há necessidade de um fluxo contínuo de troca de informações e de comunicação entre os envolvidos. A prática do BIM (Building Information Modeling) e o emprego de suas ferramentas computacionais propiciam aos projetistas a agilidade e precisão no desenvolvimento do projeto, uma vez que possibilita, por exemplo, uma visualização da interação de todos os subsistemas do edifício. No entanto, o cenário atual da tecnologia não provê ferramentas para todos os fluxos de trabalho necessários, e quando fornece, nem sempre o software disponível segue as normas específicas para determinada aplicação em certo país. As normas técnicas estabelecem requisitos e recomendações relativos ao projeto e devem ser observadas por projetistas para a segurança e qualidade das edificações. Neste sentido, o objetivo desta pesquisa é desenvolver regras de verificação e validação de modelos BIM para sistemas prediais com base em normas técnicas brasileiras, tais como a de sistemas prediais de água, de esgoto sanitário e de águas pluviais. O método empregado considera o levantamento das recomendações normativas e suas respectivas transformações em regras que possam ser verificadas automaticamente por meio de programas de computador. O programa adotado foi o software Solibri Model Checker (SMC), que faz uso de modelos em Industry Foundation Classes (IFC). Os resultados mostram que regras simples de comparação e relacionadas a propriedades de cada elemento são possíveis de serem parametrizadas no SMC e têm resultados sólidos de fácil visualização, o que permite uma correção mais rápida e dinâmica por parte dos projetistas e coordenadores de projeto.|Para regras mais complexas, necessitou-se da criação de ferramentas paralelas ao SMC. Constata-se que o SMC ainda é incompleto quando se trata da análise de projetos de sistemas prediais hidráulicos e sanitários, porém é possível desenvolvê-las uma vez que o modelo em IFC pode conter todas as informações necessárias às análises. Assim, verifica-se a necessidade de que os projetos BIM contenham as informações e obedeçam a padrões de modelagem para que possam ser utilizados na verificação de regras de modo eficiente. Por fim, os resultados desta pesquisa contribuem para o emprego do BIM no desenvolvimento e análise de projeto de sistemas prediais hidráulicos e sanitários com maior precisão, agilidade e qualidade.

  • Requisitos de sustentabilidade aplicáveis ao setor da construção civil pesada PDF
    • Aluno: Juliana Lucena Barros Damasceno
    • Orientador: Silvio Burrattino Melhado
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    A incorporação da sustentabilidade nas empresas é de fundamental importância para alcançar o desenvolvimento sustentável. Dentro deste contexto, o setor da construção civil pesada tem um papel relevante tanto economicamente, quanto em relação a magnitude dos impactos ambientais e sociais causados pelas suas grandes obras. Este trabalho tem como objetivo identificar os requisitos de sustentabilidade que são aplicáveis às construtoras do setor de construção civil pesada e classificá-los segundo seu grau de importância. Os requisitos foram identificados a partir dos requisitos e diretrizes de sustentabilidade: GRI, ISO 26000, ISO 14001; OHSAS 18001; NBR 16001, SA 8000, ISE e Indicadores Ethos. Os requisitos mapeados foram validados e avaliados quanto ao grau de importância, classificados em sua grande maioria como requisitos importantes e muito importantes. Esta validação ocorreu a partir de um estudo de caso realizado junto as construtoras líderes do setor. O presente trabalho também permitiu identificar algumas iniciativas apresentadas pelas empresas para atender aos requisitos de sustentabilidade.

  • Sistema de orientação técnica ao cliente do varejo de material de construção PDF
    • Aluno: Paulo Henrique Aveniente Santos
    • Orientador: Eduardo Toledo Santos
    • Categoria:
    • Ano: 2016

    A escolha adequada de soluções para uma construção ou reforma para os clientes finais demanda informações que, apesar de aparentemente acessíveis através de sites de busca ou consulta a fabricantes, podem se mostrar complexas dependendo da escolha do sistema ou necessidade procurada dentro de uma loja. Com isso, verifica-se especificamente no setor de varejo de material de construção, vendas incorretas, incompletas, excesso ou desperdícios de materiais em obras, a situações que podem proporcionar acidentes graves. Diante deste fato, este trabalho tem como foco a proposta de um Sistema de Orientação Técnica (SOT) ao cliente do varejo de material de construção, que visa auxiliar os públicos relacionados em lojas de grande porte. Este trabalho busca auxiliar a informação na disseminação do conhecimento dentro do varejo de material de construção buscando minimizar perdas tangíveis (financeiras) e intangíveis (perdas de clientes por especificação inadequada). O estudo foi baseado na criação de uma plataforma que auxilia este público em relação às suas dúvidas para uma correta especificação. Como delimitação para o estudo de caso, adotou-se o tema "impermeabilização", utilizando-se um sistema de localização da patologia para a correta especificação da solução. Avaliou-se o SOT desenvolvido através de um estudo de caso em loja de material de construção, com clientes, vendedores e fabricante. Os resultados obtidos mostraram que o SOT pode ser desenvolvido com baixo investimento e prazo inferior a outras soluções, além de ter apresentado uma grande aceitação pelos clientes das lojas, assim como pelo fabricante e pelo varejo, parceiros neste estudo.


Anterior Próximo
      1    2    3    4    5    6    7    8    9    10  . . . 157